Big-Brand-Theory-by-Ewan-Yap-1

A expansão da internet e de todos os seus recursos permitiu a popularização de muitas ferramentas diferentes. Juntos a essas ferramentas, surgiram diversos novos canais de comunicação, inexistentes antes da revolução digital. Estratégias de marketing que antes se baseavam apenas no chamado mundo offline hoje já têm que prever ações também no universo online. Afinal de contas, são grandes as chances de seus clientes estarem presentes em algum momento do ciclo de compra em um ou mais desses canais digitais. Sejam eles redes sociais, sites de vídeos, blogs e tantos outros.

Atrelado a essa presença massiva do consumidor, diversos cases de sucesso de marcas e empresas são divulgados todos os dias. Esses cases, além de mostrarem que tipos de ações podem ser feitas, inspiram outras marcas e empresas a buscarem o mesmo – crescimento, engajamento, visibilidade.

No entanto, se engana quem pensa que a facilidade de acesso às ferramentas se traduz em um caminho simples para atingir o sucesso da empresa na internet. Apesar de parecer fácil, manter uma boa presença de marca online demanda conhecimento dos recursos possíveis, criatividade para não ser mais do mesmo e estratégia para otimizar o funcionamento de todas as ferramentas disponíveis juntas. Essas diretrizes são a principal característica entre as empresas que crescem na web e têm uma forte presença online.

Por isso, vamos falar sobre alguns erros muito comuns cometidos por empresas, e que se forem evitados, ajudarão a construir uma boa estratégia de marketing online.

O primeiro deles, e bastante comum, é o caso das empresas que só falam delas mesmas. Usuários que navegam pela internet não querem ver fotos da última festa da empresa, ou ainda, saber das contratações. Eles querem conteúdo relevante, por isso como antídoto para esse problema, a solução é simples: ensine. Crie sua estratégia online baseada em conteúdo construtivo, que agregue algo novo para seu leitor e que não necessariamente fale diretamente sobre a empresa e seus serviços, como este texto aqui.

Se a geração de conteúdo é a espinha dorsal de uma estratégia como essa, é importante pensar também em conteúdos para estágios diferentes de compra, em plataformas diferentes. Afinal de contas, a comunicação não precisa ter a mesma abordagem nas redes sociais e no seu blog.

Se vai escrever conteúdo em um blog, por exemplo, você precisa ser encontrado. Para ser encontrado, seu site precisará estar bem presente nos buscadores, em especial no Google. Por isso, quando for criar iniciativas online, sejam elas no site da empresa, blog ou redes sociais, é preciso criar conteúdo para o Google. Assim, ao acessar seu site, o algoritmo do buscador vai entender que ele é relevante para aquele determinado assunto.

Dar atenção a todos os canais disponíveis também precisa ser uma preocupação, já que são diversas ferramentas diferentes que podem atingir objetivos igualmente diferentes. E-mail marketing tem uma função, enquanto que a mídia paga tem outra, e ao mesmo tempo ambas são complementares. Na hora de mensurar seu resultado, preste atenção para não se iludir com métricas que não te dizem muito sobre evolução em vendas. No fim das contas, isso sim é importante.

A internet enquanto meio de comunicação permite muitas possibilidades de iniciativas, que quando bem trabalhadas podem construir uma grande marca e uma grande empresa. O segredo é prestar atenção nas diversas ferramentas para que no fim sua estratégia seja bem montada prevendo a atuação complementar de diferentes canais para um mesmo objetivo: vender mais.

Que estratégias de marketing online sua empresa adota para divulgar sua marca? Conte para a gente nos comentários!