Muitos proprietários pensam no Facebook como um caminho de mão única.  Criar uma página para divulgar sua marca, seus produtos e seus serviços e só. Mas existe potencial para muito mais do que isso. Uma estratégia ainda subestimada, é criar um grupo no Facebook, que fornece um método simples de segmentar seus consumidores. Com os grupos, você pode criar comunidades de produtos específicos, melhorar o atendimento ao cliente, prover uma rede para interação entre eles e até gerar novas vendas.

Você segmenta a sua lista de emails, certo? Então, porque não segmentar os seus fãs do Facebook também? Para criar um grupo, faça o login no Facebook, vá para sua página inicial e na coluna à esquerda, você verá a opção “Criar Grupo”. Até agora poucos empreendedores estão usando os grupos do Facebook para retenção e aquisição de consumidores. Pule na frente da concorrência utilizando estas três estratégias para grupos no Facebook:

1. Utilize grupos fechados como uma plataforma de suporte aos consumidores.

Um grupo fechado do Facebook pode ser usado para oferecer suporte para um segmento específico, eliminando os emails de suporte e ainda obtendo uma fonte centralizada de receber o feedback sobre o que está e o que não está certo no seu negócio. Por exemplo, eu tenho grupos fechados para todos os meus programas de treinamento online para oferecer suporte para meus clientes e dar a eles uma rede para de interação entre eles.

A meta é gerar um diálogo aberto entre você (empresa) e seus clientes, fornecendo um local especial para que eles possam tirar suas dúvidas. Embora os usuários do Facebook possam ver quem está no grupo, eles não podem ver os posts do grupo sem fazer parte dele. Desta forma, os usuários não precisam se preocupar com que suas dúvidas apareçam no feed de notícias dos amigos.

Use o grupo para compartilhar documentos, FAQs, e determine um membro da comunidade para gerenciar e responder as dúvidas dos clientes. Lá, pode ser também, um ótimo lugar para anunciar melhorias nos produtos, divulgar descontos e convidar clientes para eventos e concursos. Membros do grupo que já efetuaram alguma compra são mais prováveis de se engajar com a sua marca novamente, especialmente se eles estiverem felizes com o seu atendimento.

2. Use o “segredo”, grupo somente para membros, para manter uma rede para usuários ativos.

Se a sua meta no Facebook é criar um comunidade como uma tribo, existe um segredo, grupos somente para membros podem ser interessantes. Diferentemente de grupos fechados, grupos como este possibilitam somente os membros a verem quem faz parte do grupo. Grupos secretos te possibilitam criar um loop personalizado e privado de feedback, que pode ser uma ferramenta de gerar engajamento e retenção de clientes. Eles são ideais para prover um valor extra para os seus clientes e consumidores de nível VIP.

Um grupo privado pode ser especialmente apropriado para negócios que os produtos e serviços possuem uma audiência mais exclusiva, como empresas de coaching, treinamentos e consultoria. A atmosfera do grupo fechado pode criar um senso de exclusividade e seus clientes vão ganhar acesso direto a você e à sua equipe.

Eu uso grupos fechados tanto para retenção de clientes, quanto para a aquisição de novos clientes. Um grupo privado fornece um fórum onde meus clientes de consultoria podem se relacionar e compartilhar estratégias com outros profissionais do marketing. Os clientes amam ter um local próprio para obterem feedback comigo e com os outros especialistas do grupo.

Foi um sucesso tão grande que agora eu uso grupos secretos para todos os meus produtos. Como resultado, eu percebi um aumento de 30% de clientes que voltaram após a apresentação de novos programas. Também, diminuiu a taxa de rejeição, por que eles sabem que eu estou lá para ajudá-los quando eles tiverem alguma dúvida.

3. Use os grupos para construir consciência, autoridade e interesse na sua marca.

Provavelmente já existem muitos grupos abertos no Facebook. Quanto mais estreito o nicho ou mais localizado o grupo, mais provável que o grupo esteja vivo e com engajamento como estes grupos locais de trocas e vendas e de fotografias. Comece ou entre em um grupo aberto focado no nicho de seus negócios. Use não para vender os seus produtos diretamente, mas se estabeleça como um especialista e faça networking com outros da indústria. Por exemplo, se você edita fotografias como meio de vida, um grupo de fotografias é um meio de divulgar sua expertise e prover conteúdo relevante em um contexto mais pessoal e mais focado na comunidade e menos na marca.

Para todos os tipos de grupos no Facebook, utilize bem a aba “Sobre”, especialmente para grupos fechados e secretos, por que você pode decidir permitir aos membros que convidem amigos quando achar apropriado. E mantenha o foco na participação. Grupos são para o diálogo, não para vendas diretas. Encoraje os membros a interagir e fazer postagens frequentemente.

Este texto foi retirado e traduzido do site Entrepreneur.com.

Este artigo foi escrito por: Amy Portersfield, é co-autora do livro Marketing no Facebook Tudo em Um para Iniciantes (For Dummies, 2011) e também é professora e instrutora, ensinando pequenos negócios e empreendedores a conseguirem mais tráfego, leads e mais vendas com o marketing no Facebook.