A segmentação é o caminho natural para qualquer produto que tenha garantido um bom desempenho com o público geral e, para as redes sociais, que se mostraram uma ferramenta estável na internet, não é diferente. Com a grande procura por diferentes serviços, sites que atendem necessidades específicas estão se popularizando, ainda que seus nomes não estejam nos trending topics dos usuários.

Por exemplo, interesses gerais em comum já têm redes consolidadas há um bom tempo. Os amantes da música já possuem contas antigas no Last.Fm, os da fotografia seus Tumblrs, Flickrs e Instagrams, os cinéfilos se agruparam no Flixster e bibliófilos no Goodreads.

Especialistas já notaram que, na internet, número de cadastros não é o fator mais relevante para as estatísticas de sucesso. Portanto, o Facebook reunir o maior número de usuários não é a principal informação a ser considerada por quem investe em marketing digital. O buzz gerado pelas publicações, o índice de interação e retorno do usuário são muito mais importantes e podem ser mais facilmente conquistados em redes de nicho. O valor agregado à sua marca pode ser mais positivo se ela tornar-se uma referência entre seu público fiel, constantemente interessado nos seus produtos e que os consomem com mais frequência.

Conheça redes sociais para públicos específicos e saiba como usá-las para o marketing

Nesse texto, mais que diversão e interação, vamos falar sobre algumas redes sociais que vão além do Facebook e LinkedIn e que podem impulsionar o sucesso de seus negócios. A principal função delas é aumentar seu networking e proporcionar um espaço de discussão e interação com profissionais da área para gerar novas ideias e conceitos. Veja se você se identifica com elas:

Houzz
huzz

Voltada para arquitetos e designers de interiores, a rede social é dedica a decoração e permite postagens e compartilhamentos de imagens de ambientes e projetos. Hoje, já possui mais de 1,5 milhão de profissionais e 900 mil fotos. Serve também como portfólio e permite a criação de “ideabooks” para organizar um projeto específico que você esteja realizando.

Noctua
nooctua

Dedicado aos profissionais da educação, o objetivo é melhorar a colaboração entre professores, compartilhando ideias, problemas e experiências entre os diversos níveis de docência, do Ensino Infantil ao Técnico, das redes públicas e privadas. O serviço, porém, é pago, com taxas que vão de R$10 a R$23. Em 6 meses de funcionamento, mais de 4,5 mil professores já se cadastraram.

Sou Administrador

sou-administrador

A administração é uma área muito volátil e seus profissionais podem trabalhar em diversos setores, aplicando seus conhecimentos de diversas formas. A rede social é brasileira e possui vários fóruns de discussão, além de oferecer espaços para assessoria e consultoria e permitir a criação de um blog pessoal.

Pinterest
pinterest

Já bastante popular, o site é um queridinho entre designers, ilustradores e fotógrafos, transformando o compartilhamento e agrupamento de fotografias e grafismos em uma tarefa fácil. Crie “boards” para assuntos específicos como “Design de logotipos” ou “Fotografias Monocromáticas”, por exemplo, para guardar boas referências visuais. O Pinterest possui ferramentas para trazer conteúdo de um site para dentro da rede, integre-as à sua página!

iMeds
imeds

Direcionado para profissionais da medicina, só aceita usuários com CRM regularizados. Excelente para criar uma rede de contatos, compartilhar e discutir artigos e casos clínicos.

E você, conhece alguma outra rede social específica para setores que vale a pena investir para marketing digital? Conte suas descobertas na seção de comentários abaixo!