Google-

Em 2011 o Google+, uma rede social mantida pelo Google, foi criada para agregar serviços a outros canais do Google, como Gmail, Youtube, PlayStore.  Com tudo isso, veio à tona a questão, será que essa rede social chegou para tirar o sono do Facebook?  Hoje com um cenário favorável, em que os usuários do grande Facebook mostram sinais de cansaço com a rede, mesmo com grande concorrência de outras ferramentas como o Whatsapp e o Snapchat, o gigante de busca, tenta aprimorar cada vez mais sua rede social, fazendo o Google+ avançar para que consiga atender a todos da melhor forma e bater o Facebook. Neste ano já com cerca de 40 recursos introduzidos no serviço, busca como estratégias para trazer novos usuários.

Vamos então conhecer alguns dos principais recursos dessa ferramenta e seus diferenciais em relação a outras redes:

Mesmo mantendo a ideia de outras redes sociais que já estamos familiarizados, o Google+ se diferencia por algumas funções que disponibiliza para os usuários, como a “Circles” que são grupos que você pode organizar, por exemplo, como amigos, família, faculdade e outros, se tornando uma maneira mais fácil de se comunicar e compartilhar conteúdos com essas pessoas.

Outro diferencial são os “hangouts” que são vídeos que permitem que você converse com pessoas dos seus círculos através de vídeos, uma forma muito mais prática e interativa.  Há também o compartilhamento de suas fotos, que você pode coloca-las em um só lugar mas escolher para quem quer compartilhar. Muitas fotos podem até não ser compartilhadas com ninguém e continuarem armazenadas na rede.

Diferente de outras redes sociais, não existe a solicitação de amizade no Google+, as pessoas podem te adicionar se elas quiserem, e você escolhe o que quer compartilhar com cada um. Você pode ser adicionado por uma pessoa no Google+ mas se não compartilhar nada com ela, não será recebido nada vindo de você.

Google+ para as empresas:

Uma função de importância nessa rede é o botão +1, que funciona como o “curtir” do facebook, para utiliza-lo, basta ter um perfil no Google.  Ele permite recomendar páginas publicamente na web e compartilhar com seu círculo de amizades, caso você tenha amigos no Google+.

Quando se trata de uma empresa, voltamos a grande importância dos círculos de amizades já falado acima. Ao classificar os novos seguidores de sua página, suas postagens podem ser exclusivas para determinados grupos e assim aumentando a chance de interação. Para adicionar seus seguidores nos círculos, é preciso classificá-los de forma exata e de forma manual, pode até ser algo trabalhoso, mas pode gerar bons resultados.

Mas uma função que pode ser de estrema importância e auxilio para as empresas é o uso do Hangouts On Air. Que permite que você faça um broadcast ao vivo para um número indeterminado de pessoas, depois de determinado o Hangout On Air, o vídeo é colocado automaticamente na sua conta do YouTube. Essa opção de criar vídeo-conferência é uma forte ferramenta para as empresas poderem gerar discussões, formar opiniões, além de ser uma forma prática de também fazer reuniões e manter contato com clientes.

Ao fazer uma análise dos recursos do Google+, podemos perceber que se trata de uma mídia social repleta de funcionalidades para auxiliar e facilitar o nosso dia a dia, principalmente aos usuários do Google que também usufruem de outras ferramentas como o Gmail, Blogger e YouTube. Como menos “chatice” e mais recurso que outras redes, o Google+ deveria estar à frente das grandes concorrentes do meio da comunicação, fica então a pergunta: por que a rede ainda não vingou? Acreditamos que o sucesso está próximo e o Google vem trabalhando muito nisso, em 3 anos já são mais de meio bilhão de cadastrados, mas esses usuários ainda não usam a rede com frequência diária. Aguardaremos para que 2015 seja a revanche do Google.