Por que é difícil mudar?

Por que é difícil mudar?

ESCUTE AQUI

2020, com certeza, foi um ano marcado por mudanças. Mudamos a rotina de trabalho, o lugar do trabalho. Mudamos também o nosso modo de comprar, o lazer e os relacionamentos. Assim, tivemos que entender que a mudança é necessária e faz parte da vida.

Por um tempo, tivemos que trocar os shows por lives, as festas por chamadas de vídeo e a academia pela sala de estar. Até pouco tempo atrás, ninguém imaginaria que isso era possível. Mas, a pandemia veio nos mostrar que não tem como escapar, precisamos rever os nossos hábitos.

E essa lição também vale para os negócios, afinal, quem ainda resistia as mudanças tecnológicas teve que se adaptar e correr atrás do tempo perdido. Os negócios online vieram para ficar e essa mudança nós já prevíamos. Mas por que nós temos tanta resistência com o novo?

Por que é difícil mudar?

Mudar é rotineiro. Mas algumas mudanças são desafiadoras e geram muito medo. Para falar sobre esse processo, convidamos Daniel Hosken, autor do livro “Por que é difícil mudar?”, lançado agora em 2020, para um bate papo.

Hosken é Engenheiro e se especializou em comportamento humano. Em seu livro discute a importância das emoções no processo de mudança e como podemos amenizar os impactos no dia a dia.

Um dos primeiros pontos do livro é sobre a mudança ocorrida na vida de Hosken. Ele trabalhava como gestor em uma grande mineradora quando, em meados de 2016, aconteceu o rompimento da Barragem do Córrego de Feijão. Esse fato mudou totalmente o mercado em que o engenheiro estava inserido, forçando uma mudança brusca em sua vida e carreira.

Hosken explica que as emoções são um dos pilares do nosso comportamento e que possuem conexão direta com o modo como respondemos as mudanças.  Assim, a chave para o entendimento e melhor resolução desse processo é a tomada de consciência sobre quais são as emoções que eu sinto perante as mudanças. Além disso, é fundamental observar como perante a presença dessas emoções eu consigo lidar melhor com aquele mundo, aquela realidade ou aquele desafio que está acontecendo.

Desse forma, nos conhecer e aprendemos a encarar os momentos de transição com mais suavidade.

Como colocar em prática uma mudança?

Para entender o processo de mudança de maneira didática, nosso convidado dividi em quatro níveis. Confira:

1-Mudança: uma motivação ou necessidade se apresenta e elas são capazes de promover uma mudança e o desenvolvimento de uma habilidade. A pandemia, por exemplo, criou a necessidade de migrar o ensino presencial para o modelo remoto/online. Assim, essa necessidade pode ter promovido uma adaptação e motivação para o estudo online.

2- Organização: para uma mudança ocorrer é preciso de uma estrutura. Ou seja, organização, suporte e consistência que vem com planejamento, rotina, frequência. Além disso, existem pessoas e processos que podem ajudar em sua organização.

3- Prática: Hábito é prática, é tudo aquilo que repetimos em determinado período de tempo. E adquirir bons hábitos é um desafio. Cerca de 50 % do nosso dia é feito de hábitos, mas esses hábitos podem ser viciosos ou virtuosos?

4-Ootimização. Já praticou bastante, já faz parte da rotina e existe motivação. Por isso, agora é hora de melhorar essa prática e aperfeiçoar a habilidade desenvolvida nas etapas anteriores.

Esses são apenas alguns pontos importantes da nossa conversa. Para conferir mais, escute o nosso podcast!

 

Abir conversa
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos te ajudar?